Com pesar, lamentamos a morte de Matheus Passareli Simões Vieira (Matheusa), estudante da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. O assassinato de Matheusa foi comunicado pela família na noite de ontem, após uma semana em situação de desaparecimento. A UFRJ é solidária aos seus familiares e amigos neste momento de tristeza e se soma a todas as vozes que, agora, cobram rigor nas investigações de mais uma lamentável morte de pessoa LGBT.

 

Pró-Reitoria de Políticas Estudantis

 

 

 

 

A Pró-Reitoria de Políticas Estudantis da Universidade Federal do Rio de Janeiro manifesta preocupação com o desaparecimento de Matheus Passareli, estudante de Artes Visuais da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). Ele foi visto pela última vez no bairro Encantado, na madrugada de domingo (29/4) após sair de uma festa.

Somamo-nos a todas e todos que têm realizado esforços para a divulgação do caso e reforçamos os apelos para a investigação e busca pelas autoridades responsáveis. Por sua identidade LGBTQ, população comumente exposta a violências, o desaparecimento de Matheusa, como também é conhecida(o),  inspira-nos reforçada preocupação.

Quaisquer informações sobre o estudante podem ser comunicadas pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Desaparecidos (21)98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21)2253-117, mensagens na página de Facebook sobre desaparecidos (https://www.facebook.com/desaparecidos.org/) e aplicativo do Disque Denúncia RJ. Todas as informações serão direcionadas à Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que está à frente das investigações.

 

IMG 20180505 WA0002 1

 

04/05/2018, Pró-Reitoria de Políticas Estudantis

UFRJ PR7 - Pró-reitoria de Políticas Estudantis
Desenvolvido por: TIC/UFRJ